Nump e silent nouns: Fronteiras sintáticas na marcação de plural no PB

Autores

  • Bruna Karla Pereira Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina, Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.18309/anp.v1i46.1082

Palavras-chave:

Concordância nominal em PB, Morfema de plural, NumP, Silent nouns

Resumo

Neste artigo, investiga-se a distribuição do morfema de plural, na estrutura interna do DP, em português brasileiro não padrão (PB). Argumenta-se que essa distribuição é determinada pela posição de cardinais (DANON, 2011; NORRIS, 2014) ou de silent nouns (KAYNE, 2005). Assim, propõe-se que: (I) a posição dos cardinais divide o DP em dois domínios nos quais sintagmas à esquerda de NumP são marcados com o morfema ‘-s’ de plural, enquanto sintagmas à direita de NumP não são; (II) a posição de silent nouns exerce basicamente essa mesma função, em estruturas nas quais os cardinais não podem aparecer; e (III) os traços de número são valorados e interpretáveis em Num (AUGUSTO et al., 2006) e se tornam valorados em D e N após checagem via concordância (PESETSKY; TORREGO, 2006).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Bruna Karla Pereira, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina, Minas Gerais

Realizou pós-doutorado (2016) no Massachusetts Institute of Technology (USA). Possui doutorado (2011) e mestrado (2008) em Estudos Linguísticos, além de licenciatura em Letras (2005), todos pela Universidade Federal de Minas Gerais, com doutorado sanduíche (2010) na University of Cambridge (UK). Durante sua formação, foi bolsista da CAPES, da FAPEMIG e do CNPq. No doutorado, concluiu uma investigação no âmbito do Programa Minimalista, com enfoque na cartografia sintática e suas implicações para o estudo dos advérbios, especialmente em estruturas com lá, no português brasileiro (PB). No pós-doutorado, investigou mecanismos universais e sintáticos de concordância nominal que determinam a distribuição do morfema de plural, especialmente em estruturas com possessivos, determinantes wh- e numerais cardinais, em dados de PB dialetal. No ensino, trabalhou como professora temporária na Universidade Federal de Lavras, na área de leitura e produção de textos (acadêmicos), em cursos presenciais e a distância. Atualmente, é professora adjunta da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri onde atua nos cursos de Letras e Bacharelado em Humanidades e desenvolve pesquisas em Teoria e Análise Linguística, com ênfase em Sintaxe Gerativa.

Downloads

Publicado

2018-10-01

Como Citar

Pereira, B. K. (2018). Nump e silent nouns: Fronteiras sintáticas na marcação de plural no PB. Revista Da Anpoll, 1(46), 18–39. https://doi.org/10.18309/anp.v1i46.1082

Edição

Seção

Edição Especial comemorativa dos 30 anos do Grupo de Trabalho de Teoria da Gramática da Anpoll